terça-feira, 29 de novembro de 2011

Guerra ou Paz, você escolhe



pólvora no caminho... Aquela sensação de incômodo, de que falta algo por fazer... os ecos dos últimos confrontos invadindo,.. vontade de brigar,.. impulso por enfrentar, por fazer acontecer... Paranoia grita!!! os circuitos de defesa, ataque, estratégias estão ativados...

Marte a 8º de Virgem quadrando o Sol, e de carona ao Nodo lunar a 14º e a Mercúrio retrógrado a 17º de Sagitário... Júpiter retrógrado a 1º de Touro, ativa a oposição a Saturno a 25º de Libra... Vênus a 4º de Capricórnio, imantada por Plutão (a 6º de Capricórnio), seduz a Marte em Virgem e o incita a resolver seus desafios... Urano retrógrado a 0º de Áries, ligado na configuração planetária geral, submete tudo a rapidez e liga em rede incitando a ação, e a toma de atitude...

A luz que irradia o Sol, Mercúrio, nodo lunar em Sagitário, por um lado insufla otimismo, mostra novos horizontes, fortifica o positivismo, a fé, a esperança, mas por outro lado mostra as faltas, os erros, as divergências ideológicas, aumentadas em luxo de detalhes por Marte em Virgem, disposto a corrigir, retificar, aprimorar... aqui o perigo... a pessoa pode se sentir no direito de querer mudar o que outra pessoa faz, estabelece,.. e devido a tensão do relacionamento, este movimento pode ser feito sem controle, na violência...

Nesta hora, calma e tranquilidade, é o momento ideal para usar a nova-antiga tecnologia da aceitação, da paz, da arte e do amor... Aceitação, para poder apreciar com o coração aberto e a mente lúcida a situação; Paz, para desmontar os mecanismos de defesa e ataque e poder dialogar em busca de entendimento; Arte para agir com beleza, encanto, virtude; Amor, para poder outrar, acolher, curar e viver a bênção da Inteligência que a tudo ilumina...

De outro jeito aquela chatice dos egos se agredindo através de falas que assinalam erros, incongruências, que denunciam incompetências, mentiras, traições, que se degolam em cobranças, decepções,.. podendo chegar até a violência física... E o pior é que no estado atual de consciência que estamos, qualquer um pode cair nestes automatismos primitivos e descontrolados...

Atenção. Se estiver entrando neste estado paranoico, negativo, saiba parar... se necessário escreva o que o perturba e tente acalmar os bichos interiores que o estão levando à guerra, que o levam a ver seu amor, familiar, amigo, companheiro, conhecido, vizinho como inimigo...

A guerra tem que ser desmontada dentro... de outro jeito o automatismo negativo pode ser detonado e quando vc vai ver já brigou e contaminou de negatividade ainda mais a situação que está louco por resolver...

Atitudes enérgicas e decisivas deverão ser tomadas... a questão é como? Através do diálogo amoroso ou através da porrada...

Se não ficarmos alertas e firmes, o caminho da porrada é o mais provável devido a que ele já vem na nossa programação familiar e cultural que recebemos... esse nosso karma a ser liberado e iluminado, já!!!

A maioria de nós foi educada no abuso de autoridade, no grito, no castigo, na cara feia, e muitas vezes na violência... é natural reagirmos com negatividade quando as coisas não são como queremos... Ninguém tem culpa disto... é o grau de consciência que coletivamente conseguimos alcançar... Mas que buscar culpados, reprograme-se,... tenha o prazer de ser dono de si e no poder de si, se libertar dos costumes e comportamentos negativos...

uuuuufffff... sai mesmo da violência... aprende logo a equilibrar tua energia e desfrutar da nova-antiga tecnologia da aceitação, da paz, da arte e do amor para teu bem, alegria, gostosura, satisfação, e a de todas as pessoas que te cercam